lunes. 15.07.2024

O Governo quer acelerar a execução dos fundos do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para os Centros Tecnológicos Especializados (CTE) das escolas. O objetivo é valorizar o ensino profissional, evitando a perda de fundos do PRR.

Nesse sentido, o Ministro da Educação, Ciência e Inovação, Fernando Alexandre, e o Ministro Adjunto e da Coesão Territorial, Castro Almeida, iniciaram um conjunto de reuniões com direções escolares e municípios para a execução dos Centros Tecnológicos Especializados. A primeira reunião realizou-se no Teatro Municipal de Lamego e contou também com a presença do Secretário de Estado do Planeamento e Desenvolvimento Regional, Hélder Reis.

O investimento visa reequipar e robustecer a infraestrutura tecnológica dos estabelecimentos de ensino com oferta de ensino profissional, bem como permitir a modernização da oferta formativa, em linha com a evolução das necessidades da economia.

O projeto reforçará o interesse dos alunos pelas formações de nível secundário de dupla certificação, em setores que requerem mão-de-obra muito qualificada, e aumentará o número de jovens diplomados em novas áreas.

No âmbito do PRR, foi assumida a meta final de 365 CTE até dezembro de 2025, existindo uma meta intermédia de 310 CTE até março do próximo ano.

Quando o Governo tomou posse, estavam aprovados apenas 142 CTE, mas apenas estava executado menos de 1%. Atualmente, estão aprovados 308 CTE, e a taxa de execução é de 4%. O objetivo é acelerar a execução, para cumprir as metas acordadas e evitar a perda de fundos.

Com este objetivo, os membros do Governo das áreas da educação e da coesão territorial reúnem-se esta semana com as direções escolares e municípios de todo o País. Estas reuniões contarão com a presença de responsáveis da Direção-Geral de Estabelecimentos Escolares, do Instituto de Gestão Financeira da Educação e da Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional.

O ensino profissional permite diversificar as ofertas do sistema educativo, potenciando o sucesso escolar e preparando os jovens para a entrada no mercado de trabalho e/ou para o prosseguimento de estudos no ensino superior.

Executivo acelera projeto PRR dos Centros Tecnológicos Especializados nas escolas
Comentarios