lunes. 15.07.2024

O ministro da Educação, João Costa, foi eleito por unanimidade presidente do Comité de Políticas Educativas  da OCDE - Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico. Este comité é responsável pela coordenação de toda a atividade da OCDE na área da Educação. 

João Costa é o primeiro português a ser escolhido para a função.  O mandato, que tem a duração de três anos, inicia-se a 1 de janeiro de 2024 e terminará a 31 de dezembro de 2026.

O atual titular da pasta da Educação é professor catedrático de Linguística na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Antes de assumir funções governativas foi diretor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, e presidente do Conselho Científico das Ciências Sociais e Humanidades da Fundação para a Ciência e Tecnologia. 

Uma educação de qualidade para todos

O Comité é composto por representantes nacionais dos 38 Estados-Membros e é responsável por coordenar toda a atividade da OCDE no setor da educação, aprofundar a cooperação entre países e contribuir para a definição de políticas públicas.

Na reunião realizada esta quarta-feira (15 de novembro), foi também eleito o Conselho Diretivo do Comité, que integrará os representantes da Irlanda, Eslovénia, Finlândia, Japão, Holanda, Suíça e Austrália. Deste grupo de países foi eleita para vice-presidente do Comité a australiana Alex Gordon.

No Comité participam também a UNESCO e a União Europeia, reforçando o trabalho de colaboração e complementaridade das organizações internacionais multilaterais na construção de uma Educação de qualidade para todos.

João Costa eleito presidente do Comité de Políticas Educativas da OCDE
Comentarios