jueves. 13.06.2024

A tradição agrícola no concelho de Ponte de Lima deverá fazer surgir brevemente, mais um produto vinícola há tempos desaparecido do mercado.

Trata-se da produção de jeropiga, uma bebida alcoólica com ancestral ligação á freguesia de Brandara. Aqui, Raúl Abreu, está empenhado na recuperação do produto, a partir de ensaios em curso.

            Depois haverá provas com apreciadores na matéria e entidades oficiais na sua promoção, com contatos a celebrar, no domínio político, empresarial e particular. Aqui, é de salientar após uma abordagem ao Clube de Gastronomia de Ponte de Lima, a sua integração na listagem de iguarias regionais portuguesas promovidas em eventos dentro e fóra do país.

Em tempos idos, a jeropiga era consumida preferencialmente nos magustos, relatam tradições escritas e familiares, mas hoje, também já é pretendida como aperitivo ou acompanhante de tapas e outras merendas.

Fase experimental de Jeropiga
Comentarios