martes. 16.07.2024

Ponte de Lima vive amanhã Sábado, o dia maior das Feiras Novas, o qual começa com concursos de gado, galinhas, etc, na EXPOLIMA. A tarde, é preenchida, com mais uma edição da montra viva dos mesteres e tradições agropecuárias da região, e particularmente do concelho.

Com duas dúzias das 39 freguesias que enformam o concelho, as Juntas e associações locais esmeram-se para a apresentação de desfiles dos usos e costumes, de profissões desaparecidas e outras curiosidades, nesse número das festas, designado de Cortejo Etnográfico.

Cortejo Etnográfico (Arquivo Feiras Novas)
Cortejo Etnográfico. ARQUIVO FEIRAS NOVAS

Mas, para além da prata da casa, das gentes ribeirinhas do Lima ao Neiva, passando pelo Labruja, também a saudade limiana e portuguesa, desfilará em Ponte de Lima. Referimo-nos ao grupo folclórico Os Lusitanos de Saint Cyr (l´École), uma cidade francesa, situada junto do Palácio Nacional de Versalhes, com predominação minhota entre os migrantes.

O rancho apresentar-se-á com seus garridos trajes e tocata popular, interpretando designadamente recolhas da Ribeira Lima, nesta rápida mas gostosa deslocação de dois mil quilómetros para sentir, participar nas Feiras Novas. Ana Guerra, coordenadora do Cortejo Etnográfico, salientou o interagir das freguesias e sua dinâmica mais uma vez nesta tradição a percorrer as principais ruas de Ponte de Lima.

Cortejo Histórico.
Cortejo Histórico.

Outro número, instituído em 1971 pelo saudoso Padre e Limianista Manuel Dias, terá lugar na tarde de Domingo, com saída da Escola António Feijó. Referimo-nos ao Cortejo Histórico, que nos vai evocar visitas ilustres de reis e rainhas de príncipes e outra realeza ao burgo limiano deste os alvores do século X, até igual barreira cronológica no século XX. Um tema que já teve similitude em alguns Quadros e figurado em 2017, com as Visitas e Passagens Régias em Ponte de Lima, agora revisitado, ampliado e outra coreografia.

Portanto, duas tardes culturais nas Festas do Concelho de Ponte de Lima, com participação aproximada de milhar e meio de participantes, num grande desfile de trajes, adereços, costumes vivências dum quotidiano in illo tempore, mas recreado não só para inglês ver, mas agora para o mundo, pois as tecnologias de informação actuais vão transmitir, reproduzir, mostra Ponte de Lima mais longe, para os que não assistem ao vivo!!!

Cortejos Etnográfico e Histórico das Feiras Novas com 1.500 participantes
Comentarios