viernes 20/5/22

Carrazeda de Ansiães consolida 'saúde financeira'

No final de 2020 o saldo final que transitou para 2021 foi de 1.911.355,70€, para o ano corrente, 2022, o saldo que transitou foi de 3.203.341,62€. “As nossas contas sempre foram equilibradas, mas este ano conseguimos reforçar a nossa almofada financeira, temos mais de 3 milhões de euros de saldo positivo que transitaram do ano anterior, o que nos permite reforçar o investimento no concelho”, explica o presidente da Câmara, João Gonçalves. 
Carrazeda de Ansiães.
Carrazeda de Ansiães.

A Câmara Municipal de Carrazeda de Ansiães transitou de ano, uma vez mais, com saldo positivo, reforçando a situação de equilíbrio financeiro de que gozam as contas deste município.

No final de 2020 o saldo final que transitou para 2021 foi de 1.911.355,70€, para o ano corrente, 2022, o saldo que transitou foi de 3.203.341,62€. “As nossas contas sempre foram equilibradas, mas este ano conseguimos reforçar a nossa almofada financeira, temos mais de 3 milhões de euros de saldo positivo que transitaram do ano anterior, o que nos permite reforçar o investimento no concelho”, explica o presidente da Câmara, João Gonçalves. A ideia é “multiplicar” este valor nos investimentos a realizar. “Estamos mais à vontade para recorrer aos Fundos Comunitários, com a garantia de que temos verba para fazer face à componente que o município tem de assegurar”, acrescenta.

A prestação de contas de 2021 foi apresentada na Assembleia Municipal no final do mês de abril e aprovada com 23 votos a favor, 5 votos contra e uma abstenção.

João Gonçalves explica que a receita global arrecadada pelo município “é de 12.751.607,10€ (Receita corrente 8.538.481,99€ e Receita de capital 2.301.769,41€), correspondente a uma taxa de execução de 84,78%”.

A despesa global foi de 9.548.265,48€ (despesa corrente 5.614.219,48€ e despesa de capital 3.934.046,00€).

“O Município cumpriu o Princípio do Equilíbrio Orçamental, sendo a receita corrente bruta superior ao somatório da despesa corrente e das amortizações médias em 2.771.913,43€, permitindo libertar este nível de receita corrente para investimento”, afirma o autarca.

Conclui-se que a despesa global paga foi inferior à receita global em 1.291.985,92€. Contudo, se a este diferencial se acrescentar o saldo de gerência anterior de 1.911.355,70€, obtemos um saldo de gerência para o ano económico de 2022 de 3.203.341,62€”, explica.

O Total da dívida (semelhante à dívida bancária) a 31/12/2021 era de 1.014.065,70€. Dívida que está perfeitamente controlada, amortizada em 2021 em 152.287,08€.

Carrazeda de Ansiães consolida 'saúde financeira'