domingo. 21.04.2024

Bruxelas termina classificação do sarrabulho de Ponte de Lima, em abril

A Comissão Europeia, através da Direcção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural, e a Unidade de Vinhos, espirituosas e culturas hortícolas, na sequência duma reunião que o seu responsável máximo nos proporcionou, acompanhado do amigo Victor Gomes, dirigente no Conselho Europeu de Investigação, informou-nos da actualidade sobre a classificação do Sarrabulho de Ponte de Lima.
Adelino Morais, Chefe de Unidade Direcção Geral Agricultura Bruxelas e Administrador Conselho Europeu Investigação.

A Comissão Europeia, através da Direcção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural, e a Unidade de Vinhos, espirituosas e culturas hortícolas, na sequência duma reunião que o seu responsável máximo nos proporcionou, acompanhado do amigo Victor Gomes, dirigente no Conselho Europeu de Investigação, informou-nos da actualidade sobre a classificação do Sarrabulho de Ponte de Lima.

O encontro, serviria também para programar actividades com a nossa Confraria dos Vinhos de Portugal na Bélgica / Ordem de S. Vicente, e o Clube de Gastronomia de Ponte de Lima, grupo que há anos procede à promoção do Arroz de Sarrabulho, máximo Sarabulho – designadamente em Portugal, Bélgica e França–  para a obtenção de selo de autenticidade – classificação de ETG (Especialidade Tradicional Garantida) por parte daquele organismo europeu – seguindo depois para tradução nas onze línguas da União Europeia. No regresso dessa deslocação á sede do governo europeu, comunicamos ao dirigente máximo do concelho o balanço do encontro, o qual naturalmente recebeu a notícia com alegria e satisfação!

No designadamente em Portugal, Bélgica e França.

Com a publicação em Diário da República em 15 de Março de 2023 do Aviso para a certificação do prato típico de Ponte de Lima, processo enviado depois pelo Ministério da Agricultura de Portugal para Bruxelas, procede-se agora a “ajustes finais, alguns pormenores e  procedimentos obrigatórios de prazos”, salientou o nosso interlocutor e dirigente decorrer do encontro no gabinete da tutela do processo do Sarrabulho de Ponte de Lima, soubemos ainda que Portugal tem para classificação mais dois produtos: o melão de Almeirim (depois da Sopa da Pedra já com esse selo) e o Pastel de Tentúgal.

Quanto á comunicação pública para entrega do tão almejado selo de ETG, ela poderá ser incluída numa degustação de Arroz de Sarrabulho com os avaliadores da Comissão Europeia, a ter lugar em Bruxelas, Paris ou Portugal.

Entretanto, tal como fomos alertados na instância europeia envolvida na preservação da autenticidade da iguaria Pontelimense, grande preocupação está subjacente a todo o dossier:  qualidade, acabar com imitações e cumprir a receita-padrão datada d 1860.

A propósito, a fechar, uma palavras oportunas que Francisco Hipólito Raposo, nosso  conhecido há anos em Congressos Gastronómicos por Portugal deixou certo dia como recado a esses restaurantes “que perderam a verdade que tinham, enfraqueceram ou, pior ainda, desapareceram“. Um pouco da nossa actualidade na gastronomia regional!!

Bruxelas termina classificação do sarrabulho de Ponte de Lima, em abril
Comentarios