sábado. 26.11.2022

As Termas de Vizela reabrem ao público

As dificuldades das Termas não existem apenas em Vizela, mas em todo o País, sendo que as Termas perderam 70% das receitas devido ao COVID-19 e 75.000 portugueses terão ficado sem cuidados de saúde termais.
As dificuldades das Termas não existem apenas em Vizela, mas em todo o País, sendo que as Termas perderam 70% das receitas devido ao COVID-19 e 75.000 portugueses terão ficado sem cuidados de saúde termais.

Apesar de todas as dificuldades, associadas a um dos períodos mais difíceis como o surto de COVID-19, as Termas de Vizela reabrem ao público.

Assim sendo, encontram-se ultrapassadas todas as dificuldades verificadas ao logos das últimas semanas, sendo que estão agora reunidas todas as condições favoráveis à reabertura do balneário termal.

Importa acrescentar que, de acordo com a notícia de hoje do Jornal de Notícias, e com a informação prestada pelas Associação das Termas de Portugal (ATP), as dificuldades das Termas não existem apenas em Vizela, mas em todo o País, sendo que as Termas perderam 70% das receitas devido ao COVID-19 e 75.000 portugueses terão ficado sem cuidados de saúde termais.

Ainda segundo esta fonte de informação, até ao dia 27 de julho transato, estiveram encerradas as Termas de Vimeiro, em Torres Vedras, de Alcafache, em Viseu, de Caldas de Saúde, em Santo Tirso, das Taipas, em Guimarães, as Termas de Chaves e Balneário Pedagógico de Vidago em Chaves.

Assim, a Câmara Municipal de Vizela continua a considerar as Termas de Vizela como uma prioridade, de modo a potenciar o incentivo e a promoção do turismo de saúde e a permitir que Vizela tenha as melhores condições para captar turistas e aquistas, contribuindo, assim, para o crescimento do Turismo e, consequentemente, para o desenvolvimento do Concelho.

Depois desta época atípica, a Câmara Municipal de Vizela espera que as Termas de Vizela retomem a sua tradição termal, cuja origem remonta há pelo menos três séculos, de modo a potenciar o incentivo e a promoção do turismo de saúde, devolvendo a Vizela o que, por direito, foi seu e lhe pertence, ou seja, o título de “Rainha das Termas”, obtendo, assim, uma valiosíssima mais-valia para a recuperação económica sustentada do Município.

As Termas de Vizela reabrem ao público