sábado. 15.06.2024
Teatro Diogo Bernardes - Programação de outubro/23

Em estreia absoluta no Teatro Diogo Bernardes, de 'Um Nó Apertado', pela Escola de Mulheres

O fim-de-semana dedicado à Ópera apresenta, em estreia absoluta no Teatro Diogo Bernardes, a coprodução “Daphnis et Églé”: ópera barroca francesa pelos Aurum et Purpura. Contará com duas sessões, dia 13 de outubro, pelas 15.00 horas, com uma sessão exclusiva para público escolar (alunos do ensino secundário) e, dia 14 de outubro, pelas 21.30 horas, uma sessão para público em geral. “Daphnis et Églé” é uma ópera escrita em 1753 por Jean-Philippe Rameau. Composta num único ato, conta a história de dois pastores, Daphnis e Églé, que, graças à intervenção de Cupido, descobrem não ser apenas amigos, mas estar apaixonados um pelo outro. 
Teatro Diogo Bernardes.
Teatro Diogo Bernardes.

Em outubro, o Município de Ponte de Lima, através do Teatro Diogo Bernardes, associa-se às celebrações do Dia Mundial da Ópera, com dois espetáculos, nos dias 13 e 14 de outubro, que nos permitirão celebrar uma arte com admiradores em todo o mundo, com um fim-de-semana inteiramente dedicado à Ópera. De realçar ainda na programação do mês três coproduções e duas estreias absolutas no Teatro Diogo Bernardes – Dança, Ópera e Teatro.

Na área da dança destaque para a coprodução UNSETTLING SELF + TUMULTE pela Kale Companhia de Dança “, no dia 6 de outubro, pelas 21.30 horas, num espetáculo que privilegia a corporeidade dos sentimentos, das sensações e a força que acresce à mensagem que nos chega do palco. Estes traços são indiscutíveis em Castro e Hassid, e em linha com a essência da rede internacional à qual a KALE pertence, e que pauta a sua identidade artística, a rede Danse qui Danse. Uma coprodução do Teatro Diogo Bernardes, Casa das Artes de Famalicão, CCN Malandain Ballet Biarritz, França, Auditório Carlos do Carmo, Lagoa do Algarve e Auditório Municipal de Gaia. Segue-se no dia 07 de outubro, pelas 21.30 horas, Diogo Bátaguas com o espetáculo de stand-up “Processo”.

O fim-de-semana dedicado à Ópera apresenta, em estreia absoluta no Teatro Diogo Bernardes, a coprodução “Daphnis et Églé”: ópera barroca francesa pelos Aurum et Purpura. Contará com duas sessões, dia 13 de outubro, pelas 15.00 horas, com uma sessão exclusiva para público escolar (alunos do ensino secundário) e, dia 14 de outubro, pelas 21.30 horas, uma sessão para público em geral. “Daphnis et Églé” é uma ópera escrita em 1753 por Jean-Philippe Rameau. Composta num único ato, conta a história de dois pastores, Daphnis e Églé, que, graças à intervenção de Cupido, descobrem não ser apenas amigos, mas estar apaixonados um pelo outro. É uma coprodução do Teatro Diogo Bernardes, Aurum et Purpura - Núcleo de Criação Artístico, Musurgia - Associação Cultural e Portingaloise - Associação Cultural e Artística. A proposta é antecedida de uma residência artística.

No mês de outubro, na área do Teatro, destaque para a coprodução, em estreia absoluta no Teatro Diogo Bernardes, de “Um Nó Apertado”, pela Escola de Mulheres, no dia 20 de outubro, pelas 21.30 horas, com texto original de Lígia Soares, encenação e espaço cénico de Marta Lapa e cocriação e interpretação de Tânia Alves, antecipado de uma residência artística.

Na área da música realizam-se, e como forma de assinalar o Dia Mundial da Música, os espetáculos “Há…Jazz no TDB”, pela Escola de Jazz do Porto, no dia 25 de outubro, pelas 21.30 horas, com um Tributo ao compositor (1898 - 1954) Arthur Johnston; e, no dia 28 de outubro, pelas 21.30 horas, Pedro Vale que apresenta o seu mais recente espetáculo “Voz e Violão”, onde poderão ouvir-se temas como "Idade do Céu" ou "Na Palma", levando-nos ainda a revisitar temas que marcaram o seu percurso, como "Canção de Embalar" ou "O Mundo é um Moinho".

Bilhetes à venda na bilheteira física do Teatro Diogo Bernardes ou na bilheteira eletrónica em: https://teatrodiogobernardes.bol.pt.

Em estreia absoluta no Teatro Diogo Bernardes, de 'Um Nó Apertado', pela Escola de...
Comentarios