viernes 20/5/22

Ponte da Barca benefícia jovens com habitação, própria e permanente, no muncipio

A proposta surge na sequência das políticas de juventude preconizadas pela Câmara Municipal de Ponte da Barca relativas ao desenvolvimento de uma estratégia integrada para aumentar a coesão e proximidade familiar, fixar a população, dinamizar o território, dinamizar o mercado imobiliário e reabilitar os imóveis já existentes, contribuindo, assim, para a melhoria da qualidade de vida dos jovens.
Câmara de Ponte da Barca.
Câmara de Ponte da Barca.

A versão final do Regulamento para a Atribuição de Incentivos à Habitação foi aprovado hoje, em reunião do executivo municipal. O documento, comporta, em linhas gerais, a atribuição de benefício face à habitação, própria e permanente, por parte dos jovens no concelho de Ponte da Barca, pela via da isenção ou redução de impostos como o IMI e IMT, assim como de várias taxas municipais.

A proposta surge na sequência das políticas de juventude preconizadas pela Câmara Municipal de Ponte da Barca relativas ao desenvolvimento de uma estratégia integrada para aumentar a coesão e proximidade familiar, fixar a população, dinamizar o território, dinamizar o mercado imobiliário e reabilitar os imóveis já existentes, contribuindo, assim, para a melhoria da qualidade de vida dos jovens.

Augusto Marinho, autarca barquense, considera que esta medida, que contou com um forte envolvimento do Conselho Municipal de Juventude, “fará a diferença na vida de muitos dos nossos jovens”, e que foi uma forma que a autarquia encontrou de “incentivar os jovens à compra de habitação e, consequentemente, fixação no nosso concelho”.

De relembrar que, além deste apoio, a autarquia tem vindo a implementar diversas medidas de incentivo e apoio à juventude, de que são exemplo, as bolsas de estudo aos jovens estudantes do ensino superior, a implementação do cartão jovem municipal, documento que concede benefícios na utilização de bens e serviços públicos e privados existentes no concelho e, muito em breve, o Orçamento Participativo Jovem.

Ponte da Barca benefícia jovens com habitação, própria e permanente, no muncipio