sábado. 15.06.2024

No âmbito dos eventos culturais e gastronómicos do Clube de Gastronomia de Ponte de Lima, houve recentemente, necessidade de trocar impressões, pessoalmente, com amigos dirigentes de instituições na capital europeia, a fim de agendar novas actividades na Bélgica e em Portugal.

Assim, uma pequena comitiva, constituída por Adelino Tito Morais, Joaquim Loureiro,  Fernando Fernandes e Alberto Silva, efectuou mais uma deslocação a Bruxelas.

O dia começou com um almoço de trabalho no Parlamento Europeu/ Comité Económico e Social, juntando a administradora de Emprego, Refugiados e Segurança Social, Triin Aasma e marido, Victor Gomes, também Administrador mas na Comissão Europeia/Conselho de Investigação, diplomatas na Bélgica e na Suíça, entre outros.

As evocações de Fernando Pessoa e Norton de Matos, continuam em cima da mesa, assim como acordaram mais degustações, designadamente de vinhos do Douro, loureiros e alvarinhos, alargando assim as provas enológicas para além da Ribeira Lima. A presença no próximo mês na grande montra de produtos nacionais na capital belga, a feira – O Melhor de Portugal – contará este ano com vinhos verdes brancos e rosés da Maxus, com sede na freguesia limiana de Brandara, e os enchidos do Avô Chouriças, da Ribeira; a participação no outono em Gent, Flandres, na cerimónia oficial aos combatentes na I Guerra Mundial, em representação de Portugal e Ponte de Lima, foi outro dos programas e eventos acordados.

Já em solo lusitano, foram alinhadas iniciativas gastronómicas no verão, a decorrerem no Douro, designadamente Régua e Tabuaço, além de uma outra, internacional em Lisboa: este último encontro reunirá iguarias e chefs de outras regiões, designadamente Ásia e Escandinávia, além, naturalmente das portuguesas, minhotas.

Clube de Gastronomia de Ponte de Lima regressou a Bruxelas
Comentarios