domingo. 02.04.2023

Fundação Bienal de Arte de Cerveira, desenvolvimento de públicos e qualificação dos profissionais do setor da cultura

Dando continuidade à sua estratégia de desenvolvimento de públicos e qualificação dos profissionais do setor da cultura, a Fundação Bienal de Arte de Cerveira (FBAC) vai arrancar a sua oferta formativa de 2023 com duas sessões promovidas em parceria com a Acesso Cultura. As formações “Acolhimento e fidelização de públicos” e “Atendimento a pessoas com necessidades específicas” estão agendadas para os meses de março e abril e decorrerão maioritariamente em formato presencial, no Fórum Cultural de Cerveira. A participação é gratuita, mas carece de inscrição prévia (máximo de 25 participantes).

Vila Nova de Cerveira.
Vila Nova de Cerveira.

A iniciativa destina-se a profissionais (elementos e chefias de equipas) que possuam contacto direto com visitantes e espectadores em organizações culturais (frente de casa, secretariado, bilheteira, vigilância, serviço educativo / visitas guiadas), alargando-se ao público em geral. O objetivo consiste em capacitar os participantes de conhecimentos técnicos e ferramentas orientadas em estratégias de mediação e comunicação com os públicos. As duas primeiras formações serão promovidas em colaboração com a Acesso Cultura, associação que promove o acesso – físico, social e intelectual – à participação cultural.

A 17 e 18 de março será promovida a formação “Acolhimento e Fidelização de Públicos / Do atendimento ao acolhimento”, orientada por Maria Vlachou e Miguel Ribeiro. Através do olhar para o acolhimento como expressão de “quem” uma organização cultural é (missão, visão e valores), será dado foco à relação. Serão exploradas formas de comunicar com pessoas com perfis diferentes e de transformar um frequentador ocasional num frequentador assíduo, seguindo um percurso que fará evoluir do atendimento para o acolhimento.

Já nos dias 12, 13 e 14 de abril será abordada a temática “Atendimento a pessoas com necessidades específicas”, com os formadores Maria Vlachou, Isabel Barciela, Raquel Corval, Ângelo Costa e Ana Isabel Coutinho Cunha da Silva. Este curso pretende promover uma relação descontraída e mais natural entre quem tem e quem não tem necessidades específicas, assim como um atendimento mais adequado. As temáticas abordadas serão: introdução aos conceitos de diversidade, deficiência e inclusão, deficiência e gestão cultural, público com mobilidade condicionada, com deficiência visual, surdo, com deficiência intelectual e com neurodivergência.

De referir que, no âmbito do programa de ações de formação da FBAC, serão ainda promovidas duas sessões no mês de junho, dedicadas às áreas da mediação cultural e curadoria e montagem de exposições. A iniciativa é promovida no âmbito da candidatura “És Livre? Novos olhares sobre coleções e criações para pensar a Arte e a Liberdade” (2023 - 2026 - Apoio Sustentado - Artes Visuais Criação e Programação), que conta com o apoio da República Portuguesa – Cultura / DG-ARTES Direção-Geral das Artes.

Formulário de inscrição

Programa da formação “Acolhimento e fidelização de públicos” (17 e 18 de março de 2023, inscrições até ao dia 14 de março de 2023)

Datas: 17 e 18 de março de 2023
Horário: 9h30-12h30 e 14h-17h00
Formadores: Maria Vlachou e Miguel Ribeiro

Formato presencial

Programa da formação “Atendimento a pessoas com necessidades específicas” (12, 13 e 14 de abril 2023, inscrições até ao dia 7 de abril de 2023)

Datas e horário: 12 de abril (14h-17h00), 13 e 14 de abril (9h30-12h30 e 14h-17h00)

Formadores: Maria Vlachou, Isabel Barciela, Raquel Corval, Ângelo Costa, Ana Isabel Coutinho Cunha da Silva

Formato online (12 de abril) e presencial (13 e 14 de abril)

Fundação Bienal de Arte de Cerveira, desenvolvimento de públicos e qualificação dos...
Comentarios